A culpa é do iodo radioactivo…

Eu não seria eu sem as minhas aventuras…

Tudo começou com o iodo radioactivo. Quando tomei o belo do comprimidinho

Comprimido de iodo radioactivo em frasco de chumbo...

Comprimido de iodo radioactivo em frasco de chumbo…

achei que ia acordar no dia seguinte magnifica e a brilhar… mas afinal não… acordei foi com uma valente dor de cabeça, enjoada e com as glândulas salivares inchadas… tipo hamster (mas desta vez sem os pêlos)!
Me...

Supostamente para tal não acontecer eu teria de beber litros e litros de limonada para ajudar o iodo( que se acumula na zona da tiróide e glândulas) a sair… mas aqui o grande problema é que eu não podia! Se bebesse os 2 litros de limonada que me davam por dia… teria de ir a correr imediatamente (ao fim do primeiro jarro) para a hemodiálise… seria um balão de água com pernas!
Embora a radiação não tenha sido muito grande, o problema é que ficou no local muito tempo e como tal deixou-me o magnifico presente… a falta de saliva e o inchar das glândulas quando comia.

Ao longo deste tempo queixei-me várias vezes sobre o assunto… comer é muito difícil sem saliva. A resposta imediata dos médicos é “Aah bebe mais àgua” ou “Come mais fruta e mais molhos…” Tudo isto era muito bonito se não fosse eu insuficiente renal em diálise peritoneal completamente dependente da diálise uma vez que não urino desde 2008! Aah pois é! E a verdade é que por ser uma doente “complicada” muitos preferiam nem chegar perto.

Como já me é habitual acabei por me adaptar a esta nova condição que dizem ser “passageira” (já me dizem isso à 2 anos..) o truque que arranjei foi o de ter sempre comigo algo para beber quando como. Se comer algo como pão… dou uma trinca e coloco um pouco de água na boca para conseguir mastigar, caso contrário posso-me engasgar porque vou tentar mastigar e o pão não se desfaz…

A primeira vez que pedi ajuda especializada a resposta do médico (otorrinolaringologista) foi “Mas eu não percebo nada de glândulas salivares, eu sou um cirurgião!” e acabou por me passar um medicamento para a alergia que se desfaz… debaixo da língua… com saliva que eu não tenho… Pois! Resumindo, como é óbvio, os comprimidos não se desfaziam e eu lá continuei com alergia e sem saliva!

Felizmente encontrei ajuda na minha médica de diálise e no meu dentista que me prescreveram algumas coisas para ajudar a minha situação.

E até à passada sexta-feira tudo ia andando na sua normalidade possível… com muito pouca ou nenhuma saliva , as glândulas continuavam a inchar mas já não doíam tanto e acabavam por desinchar quando terminava de comer.

Na passada sexta comecei com dores fortes e notei que tinha a parte do lado direito inchada. Achei que era uma “daquelas” fases chatas mas que eventualmente passava… No sábado acordei ainda mais inchada e cheia de dores, e desinchar nada…
Autchie!
No domingo já estava a desesperar e já estava a ver que tinha de ir ao hospital! Já me doía o maxilar, a língua… todo aquele lado da cara me doía! Quando dei por mim já estava com uma enxaqueca brutal… e em desespero decidi (feita parva) tomar um medicamento mais forte para as dores… o Tramal! Tomei apenas metade e realmente aliviou as dores… mas o meu estômago e esse medicamento não se dão muito bem e passei o resto da tarde a vomitar. Oooh yay…!

Na segunda lá fui eu cheia de dores falar com a minha médica que se assustou assim que viu a minha língua… eu parecia (e pareço) uma estrangeira a falar… como tenho um dos lados da língua (as glândulas) inchado às vezes nem se percebe muito bem o que digo…

Claro que fui enviada de imediato para a urgência.

Urgência HSM

Colocou-se a hipótese do médico “picar” aquele alto de baixo da língua mas primeiro quis fazer uma eco para perceber melhor o que se passava e já agora umas análises também.

Na eco foi outra aventura… o médico perguntava-me “…mas de certeza que lhe removeram a tiróide toda?” e eu “Sim, tenho a certeza!! Já me confirmaram isso várias vezes!! ” Não me lembrei de na altura lhe dizer que levei pedaços dela (da tiróide) pessoalmente para o IPO… hehe!
Ás tantas começo a vê-lo com um ar intrigado e sai disparado a chamar uma colega para lhe confirmar o que ele via… então basicamente o que estavam a ver é que realmente as glândulas  do lado direito pareciam inchadas mas o que era estranho é que eles viam algo por detrás de uma delas… diziam que não percebiam o que era, falavam numa massa… e depois que lhes parecia um hematoma. Agora como é que isso é possível naquela zona se eu não fui operada recentemente nem levei uma pancada? Depois já diziam que a glândula estava normal e que o alto era o hematoma… uma confusão, mas com a eco apenas não se conseguia ver, teria de fazer outros exames!

Depois de todos os exames feitos voltei ao gabinete onde o médico me esperava com um ar preocupado. Os meus valores de hemoglobina estavam (para não variar) muito baixos e a eco não tinha sido muito conclusiva. Segundo o que o médico me disse parece ser uma “Rânula” (whatever that means)! Ou seja ao longo destes anos com a falta de saliva foram-se acumulando “resíduos” nos canais das glândulas (cristais de saliva) e tal como acontece nos rins… também alí se pode formar pedra … sim pedra!
Ou seja, para já não me fizeram nada, se mexessem agora não iam conseguir remover tudo! Como tal passou-me antibiótico de prevenção, apenas para não inflamar e para a semana vou fazer uma TAC para vermos melhor o que se passa. E depois? Bom supostamente agora o tal “bloqueio” irá formar uma “cápsula” à volta e mais tarde terei de ser operada para a remover, mas aqui o dito bloqueio já sairá por inteiro.

Claro que assim que ligaram para a minha médica da diálise para lhe contar o que se estava a passar e lhe contaram os valores de hemoglobina… ela pediu logo para que me enviassem para a imunohemoterapia para levar uma transfusão de sangue.
Típico meu, vou para uma urgência de otorrinolaringologia e acabo na imunohemoterapia a levar transfusões de sangue…

Para já continuo inchada e com dores mas a parte  difícil mesmo é o comer.
O que me vai aliviando as dores (mais que o fraquinho do paracetamol) são os preciosos saquinhos de gelo encostados à cara… que o meu querido (e atento) maridinho se lembra de ir colocando no congelador depois de eu adormecer. ❤ E assim quando eu acordo… surpresa!!! Saquinhos geladinhos para mim ❤ Love is in these little details ❤ (Thanks Love!)
Ice, ice baby!

Não está a ser nada agradável…. porque para já continua tudo igual, inchado e dorido!
Mais uma vez tenho de ter paciência e esperar que a medicação faça efeito!

NEED MORE DRUGS… thank you!

…Só eu mesmo!

Anúncios

3 thoughts on “A culpa é do iodo radioactivo…

  1. Lieje Gouvei diz:

    Querida Sônia, depois de ler o seu blog tomei a decisão de fazer diálise peritonial com a máquina cicládora! Coloquei o cateter e ele virou, não ficou no local adequado ao procedimento, resultado estou no hospital para implantar outro e saio hoje do hospital! Mas não esmoreci pois sabia que estava escolhendo o melhor pra mim no momento!
    Admiro-a demais pelas informações e dicas que presta!
    Tenho 55 anos e sou juíza de direito em Maringa! Quando vier ao Brasil, Paramá minha casa e o quarto de hóspedes está a sua disposição e ao seuarido também! Fica confiante como sempre! Abraços Liéje Gouveis

    • Querida Lieje… Nem sei bem o que lhe diga. O seu comentário encheu-me o coração! Fico mesmo feliz por saber que o meu blog está a chegar a quem precisa e a ajudar de alguma forma, esse é o meu objectivo!! Já que tenho de passar por todas estas experiências então que sirva para aprender com elas e ajudar os outros. Como se está a sentir agora? Já lhe recolocaram o cateter? Eu desta vez tive sorte e o meu ficou no sitio desde o primeiro dia… Mas já me aconteceu também o dito cateter se deslocar… É uma chatice mas acontece. O importante é ter calma, seguir em frente e lutar sempre pelo que é melhor para si no momento. Temos de ter muita coragem mas também temos de conseguir encarar as coisas com alguma “naturalidade”… Por agora a diálise faz parte do”nosso” mundo! Muito obrigada pelas suas palavras e obrigada de coração pela sua oferta! No que eu a puder ajudar… Conte comigo! Um beijinho muito grande cheio de muita coragem… Da sua amiga Sónia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s